PREOCUPO-ME COM O TEMPO

Eu não sei qual é a idade que começamos a nos preocupar com o tempo. Acho que não dá para generalizar, porque cada ser é único, mas, é fato que os questionamentos chegam para todo mundo. Já chegou por aqui também.

Percebi que me tornei uma admiradora de mim mesma. Ou talvez uma observadora mais minuciosa, esquadrinhando espelhos. Me noto com mais detalhes, me percebo com mais carinho e parei de reparar em coisas que olhava quando adolescente. Agora tudo chama atenção: as manchinhas, as olheiras — é cansaço? é excesso de maquiagem? é falta de vitamina? —, os sinais — é novo? devo me preocupar? já tinha esse antes?


Gosto de me observar e gosto de perceber que parei de ser tão crítica. Vejo os pés de galinha chegando, vejo o bigodinho chinês formando e percebo que deixei de ser menina. Demorou para que eu parasse de me enxergar como uma eterna adolescente e me visse mulher feita, cheia de ideias, com menos autocrítica e sem mais papas na língua.


Acho que assumi o controle de mim, sabe?

26 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Pinterest
  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
Inscreva-se
& tenha conteúdos exclusivos

© MAFÊ PROBST | contatodamafe@gmail.com | São Paulo/SP

061.914.229-46 * Rua Tetsuaki Misawa, 124. Vila Clementino - São Paulo/SP * Produto enviado em até 7 dias após confirmação da compra